- publicidade -  

A partir deste domingo (13), a nova tarifa de ônibus do município de Cajamar sobe de R$ 4,35 para R$ 4,60. O aumento foi anunciado e assinado na última quinta-feira (10) pelo prefeito interino Saulo Anderson (PSD).

Então, se você for usar o ônibus municipal a partir deste domingo terá que desembolsar mais R$ 25 centavos. O novo valor da passagem vale para todas as linhas que fazem os seguintes trajetos: Conj. Maria Luiza/ Jd. Muriano, Conj. Maria Luiza/ Polvilho, Pq dos Bandeirantes/ Pq São Roberto, Ponunduva/ Conj. Maria Luiza, Conj. Maria Luiza/ Centro Cajamar.

Na capital, a tarifa básica passou de R$ 4 para R$ 4,30. A partir do próximo dia 12, as tarifas do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) também terão o mesmo aumento. (entenda ao final da reportagem como funcionará tarifa integrada).

Veja como fica o aumento em outros municípios:

Francisco Morato
Subiu de R$ 4,20 para R$ 4,45

Barueri
Subiu de R$ 4,35 para R$ 4,50

Carapicuíba
Subiu de R$ 4,35 para R$ 4,50

Franco da Rocha
Subiu de R$ 4,35 para R$ 4,60

Diadema
Subiu de R$ 4,40 para R$ 4,65

Santo André
Subiu de R$ 4,40 para R$ 4,75

Tarifa integrada em São Paulo

  • Tarifa básica: de R$ 4 para R$ 4,30;
  • Tarifa integrada (ônibus + Metrô ou CPTM): de R$ 6,96 para R$ 7,21 até 12 de janeiro; depois, com o reajuste dos trilhos, vai para R$ 7,48.
  • Bilhete Diário: de R$ 15,30 passa para R$ 16,40;
  • Bilhete Mensal somente ônibus: de R$ 194,30 para R$ 208,90.

O passageiro que recarregar o cartão até dia 12, ou seja, antes do reajuste dos trilhos, vai pagar no ônibus a tarifa de R$ 4,30, mas no Metrô e na CPTM R$ 4. A tarifa integrada, nesse caso, será de R$ 7,21 até o fim dos créditos. O valor máximo de recarga acumulado é de R$ 350 no bilhete comum.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -