Com o ar seco predominando e as temperaturas subindo ao longo das tardes temos a combinação perfeita para o aumento no número de queimadas. Na noite deste domingo (15), pelo menos seis focos de incêndio foram registrados em Cajamar e mobilizaram equipes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e CCR AutoBan.

Segundo informações, uma das maiores queimadas foi registrado entre os quilômetros 40 e 42 da Rodovia Anhanguera, onde o fogo atingiu uma extensa área de mata.

As queimadas prejudicaram a qualidade do ar do município e a visibilidade dos motoristas que trafegam próximo do local. A fumaça tomou conta de parte do distrito de Jordanésia, aumentando o número de atendimentos de bebês e crianças com problemas de respiração na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jordanésia.

Brasil é o 1° em queimadas na América do Sul

Segundo informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) o Brasil está em primeiro lugar no ranking de queimadas da América do Sul.

Em torno de 100 focos separam o Brasil da Venezuela no lugar mais alto do ranking de queimadas. Com o início do inverno, a estação mais seca sobre as áreas centrais do país, é esperado que o território brasileiro comece a registrar mais queimadas. Afinal, os sistemas que provocam chuva sobre a maior parte central perdem força e o agentes atmosféricos que permitem a entrada do ar mais seco ganham cada vez mais força, é o caso da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) que por meio da subsidência de ar força a permanência da secura.

Tempo

O tempo seco deve continuar nos próximos dias em Cajamar. Nesta semana é de sol com algumas nuvens. Não chove. A máxima prevista é de 28º e a mínima de 11º, segundo o site Clima Tempo.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.