Adriele tinha 18 anos e morreu após o veículo em que estava bater contra carro em Jordanésia. (Foto: Reprodução/Facebook).

O corpo da jovem Adriele Cristine da Costa Trevisan, de 18 anos, foi sepultado às 13h desta terça-feira (02) no Cemitério Nossa Senhora do Desterro. O corpo foi velado no Velório Municipal Adamastor Fernandes. O velório e cemitério ficam localizados em Jundiaí. Adriele morreu na hora com o impacto do acidente que envolveu o veículo que estava. 

O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (1º) e envolveu dois veículos. Outras nove pessoas ficaram feridas, sendo que cinco estão gravemente feridas. Os veículos onde estavam baterem de frente quando passavam por um viaduto em Cajamar.

Adriele havia concluído o ensino médio no mês passado. Ela estudava na Escola Estadual Élcio José Pereira Cotrim, localizada em Jordanésia. Seus colegas da escola ficaram surpresos com a notícia.

“Adriele era uma menina muito boa, super extrovertida com muitos planos para sua vida, além de ser muito inteligente e muito alegre, o mais importante é que era feliz. Espero que Deus conforte toda a família”, disse Gabriel Barbosa, 17, colega de classe.

Maria Eduarda Sgurscow, 17, era uma amiga próxima de Adriele na escola. Comentando sobre o acontecido, Sgurscow destacou a coragem da jovem em meio as dificuldades.

“Adriele era uma menina muito boa, com um coração enorme. Coragem era o seu segundo nome, em meio a tantas lutas e dificuldades não andava para trás e enfrentava tudo de cabeça erguida. Acredito que não somente o meu, mas o coração de muitas pessoas estão entristecidos por este acontecimento.”, comentou.

Acidente

Uma pessoa morreu e outras nove ficaram feridas na madrugada desta segunda-feira (1º) após os veículos onde estavam baterem de frente quando passavam por um viaduto em Cajamar.

De acordo com a concessionária AutoBAN, a colisão frontal ocorreu por volta da 1h30 no viaduto que passa sobre a Rodovia Anhanguera, na altura do km 38. Por causa do acidente, o trecho chegou a ser interditado para remoção das vítimas pelo Corpo de Bombeiros.

Os feridos foram levados ao Hospital Municipal de Cajamar e ao Hospital Estadual de Franco da Rocha. Cinco pessoas estão gravemente feridas. O estado dos outros quatro sobreviventes é leve.

O caso foi registrado na delegacia de Cajamar. A Polícia Civil investigará as causas e eventuais responsabilidades pelo acidente.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.