Universitários compareceram na Câmara Municipal de Cajamar para aprovação dos projetos. (Foto: Fotomania Publicidade)

Em sessão realizada nesta quarta-feira (13), o legislativo municipal aprovou projetos, requerimentos e emendas de lei para a concessão do transporte universitário, técnico e tecnólogo em Cajamar.

No último dia 29, a prefeita em exercício Dalete de Oliveira (PCdoB) publicou um decreto revogando o direito dos universitários para ter o transporte até a faculdade. A decisão passa a valer neste sábado (16).

O projeto de lei do vereador Saulo Anderson (PSD), de nº 55/17, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores que agora deve aguardar decisão do executivo. O projeto prevê a volta do transporte universitário, técnico e tecnólogo a cerca de 1.400 estudantes que usam diariamente o benefício em Cajamar.

O vereador Manoel Pereira Filho, mais conhecido como Mané do América (PR), também abordou o assunto com o requerimento nº 148/17 e solicitou informações e respostas ao executivo devido a retirada dos ônibus dos universitários: “Foi para economizar?; Foi alguma questão politica?; O que você vai fazer? Contratar outra empresa ou vai dar o dinheiro das passagens dos universitários?”, perguntou. O requerimento foi aprovado por todos os vereadores.

Duas importantes emendas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) feito pela Comissão de Finanças e Orçamentos foi aprovado na Câmara. As emendas parlamentares nº 016/17 do projeto de lei nº 42/2017 sugere a transferência de R$ 1.500.000,00 da receita anual da Câmara dos Vereadores de Cajamar, para pagamento do serviço de transporte universitário junto à emenda nº 017/17, que sugere a transferência de mais R$ 3.500.000,00, da reserva de contingência do orçamento dos cofres públicos do ano de 2018, para custear o serviço.

O presidente Eurico Missé (DEM) reforçou seu compromisso em trazer de volta o benefício. Como Dalete deve ser afastada em breve após cassação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), o presidente deve assumir o cargo interinamente até que aconteça eleições suplementares no município.

“Se Deus permitir que eu seja prefeito interinamente, reforço meu compromisso em revogar o decreto e trazer de volta o transporte universitário, técnico e tecnólogo em Cajamar”, disse Eurico durante sessão.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.