A Diretoria Municipal de Desenvolvimento Social reuniu os beneficiários dos programas de transferência de renda (Renda Cidadã e Bolsa Família) para apresentar as atividades desenvolvidas pelos Postos de Atendimento de Assistência Social e o CRAS, aproveitando a ocasião para oferecer uma palestra sobre diferentes temas de interesse coletivo.

Cerca de 200 pessoas participaram da palestra “A pessoa idosa no Contexto Familiar”, realizada pela psicóloga da Saúde Mental, Silvia Vinhas.

Na primeira parte do evento os técnicos do CRAS apresentaram os serviços que são prestados à comunidade dentro da política da Assistência Social, como: atendimentos individualizados, oficinas socioeducativas de artesanato, grupos temáticos, critérios dos programas, Cadastro Único, BPC (Benefício de Prestação Continuada) e encaminhamentos para as demais políticas públicas.

A psicologa da Saúde mental, Silvia Vinhas explicou sobre o Estatuto do Idoso e a recente Lei 13.466 de 12/07/2017, que garante às pessoas a partir de 80 anos, prioridade sobre as que estão entre 60 e 79 anos, ressaltando o impacto que o envelhecimento causa na sociedade. “O país está envelhecendo em razão da diminuição da taxa de natalidade, da mortalidade crescente de jovens e aos projetos sociais voltados a esse público. É preciso que a sociedade acompanhe este ritmo e inclua a pessoa idosa na família e na comunidade. Uma das maneiras de se fazer isso é utilizando a tecnologia, dominada pelos mais jovens, para ensinar os mais velhos. A internet é um grande exemplo, pois pode abrir horizontes e permitir que se descubra um novo mundo que pode ser compartilhado entre as gerações”, pontuou.

O vídeo proposto pela profissional para que todos refletissem sobre o tema, no final da apresentação, causou emoção até nos mais jovens.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.