O aplicativo também permite registrar atos de violência em andamento, por de áudio e vídeo - Foto: Reprodução/Diário Cajamarense

A luta contra a violência doméstica ganhou uma arma virtual. O aplicativo Juntas (PLP 2.0) permite que mulheres em situação de perigo enviem, pelo celular, um pedido de socorro a pessoas previamente cadastradas. Elas recebem, por mensagem, a exata localização da vítima.  Além disso, o aplicativo aciona diretamente as redes de atendimento das Promotoras Legais Populares (PLPs) – lideranças comunitárias femininas que atuam na defesa, orientação e triagem sobre esses casos.

O Juntas pode ser baixado em celulares com o sistema Android  – que envia um pedido de ajuda mediante o acionamento do botão liga/desliga do celular por quatro vezes – ou em IPhone  – que possui mecanismo de acionamento diferente, ativado por meio de toque no próprio aplicativo. Para isso, as interessadas devem acessar a loja de aplicativos do celular ou o endereço www.plp20.org.br para fazer download do app e cadastrar os contatos dos conhecidos. No caso de acionamento errado, é possível desativá-lo em até 15 segundos. O aplicativo também permite registrar atos de violência em andamento, por de áudio e vídeo.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.