Johson Queiroz de Lima Oliveira foi condenado a 20 anos de prisão

Um homem identificado como Johson Queiroz de Lima Oliveira, de 49 anos foi preso nesta quinta-feira (13) no município de Mongaguá, a 150 km de Cajamar, suspeito de matar a tiros o ex-vereador Reinaldo Leal de Souza, mais conhecido como Reinaldão (PPS). Ele era considerado foragido desde maio deste ano quando cometeu o crime. O motivo foi uma discussão em bar do bairro Ponunduva, em Cajamar por causa de discussão no jogo de baralho.

O caso aconteceu em 27 de maio deste ano, o ex-vereador Reinaldão foi morto no início da noite na Estrada Flávio Beneducci, no bairro Ponunduva onde morava com três tiros de cartucheira disparados pelo vizinho.

- publicidade -  

Reinaldão exerceu o cargo de vereador em Cajamar entre 2013 e 2016 pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Na última eleição o ex-parlamentar trocou de partido indo para o PPS (Partido Popular Socialista) mas não obteve vitória para se reeleger.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -