A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (31) e teve como alvo principal o ex-presidente da Câmara de Cajamar, Geraldo Aparecido Lacerda Ferreira, o Cidão (PSDB).

Agentes da Polícia Federal começaram a cumprir as ordens judicias pela manhã, na Câmara Municipal de Cajamar. Filmagens e gravações das câmeras de seguranças foram levadas pela PF.

Segundo o mandado de busca e apreensão concedido pelo Juiz Eleitoral substituto da 354º Zona de Cajamar, Dr. Jefferson Barbin Torelli, deverão ser apreendidos todos os aparelhos celulares que estiverem com o parlamentar, em seu local de trabalho ou em sua residência.

“No cumprimento do mandado, deverão ser apreendidos todos os aparelhos celulares que estiverem em posse de Geraldo Aparecido Lacerda Ferreira, ainda que em seu local de trabalho ou em sua residência.” – informa o documento assinado pelo juiz Jefferson Barbin.

Além disto, Cidão deverá fornecer as senhas de desbloqueio dos aparelhos, caso não queira, estará cometendo um crime de desobediência.

Mandado de busca e apreensão assinado pelo juiz Jefferson Barbin Torelli – Foto: Divulgação/Facebook

O Diário Cajamarense tentou falar com o vereador e também com sua assessoria, mas não houve resposta.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.