- publicidade -  

Á transição capilar é o termo utilizado para as mulheres que querem parar de utilizar química de transformação no cabelo como relaxamento, alisamento, escova progressiva e definitiva para assumir o seu cabelo natural. Não é um processo fácil e pode surgir algumas duvidas.

Mas antes de iniciar o processo é necessário que tenhamos á certeza daquilo que queremos, pois é um processo que não é muito fácil e necessário muita determinação. Diversas pessoas acabam iniciando o processo e não consegue concluir, pois é um processo demorado mas trás muitos benefícios no futuro.

Geralmente as mulheres que inicia o processo são as que utilizaram química durante anos e muitas esquecem a estrutura natural do seu cabelo, por isso é necessário muita paciência e redobrar os cuidados com o cabelo. Veja algumas dicas:

Iniciando a transição

O processo basicamente é deixar o cabelo crescer sem utilizar nenhum tipo de química, o cabelo fica com 2 ou mais estruturas a raiz vai crescer naturalmente e as pontas vão ficar com o aspeto liso ou ondulado.

222

Neste período é necessário fazer hidratação para recuperar os fios, e investir penteados e acessórios para minimizar as duas estruturas do cabelo e as técnicas de texturização para tentar cachear a parte lisa.

Para tornar parte desse período menos trabalhoso e doloroso, uma das alternativas é usar as famosas box braids (ou trança nagô). Elas são feitas com material sintético, não pesam, nem estragam os fios e ainda garantem um visual mega estiloso.

7

Quanto tempo dura a transição capilar?

Não tem um tempo certo pois a transição inicia quando optamos em não utilizar mais química do cabelo, e termina quando cortamos toda parte alisada, que é mais conhecido como Big Shop (o grande corte), algumas pessoas demoram até 2 anos, dependendo do corte.

Aceitar a estrutura dos fios

Algumas pessoas utilizam química durante anos e acabam esquecendo da real estrutura do fio, a intenção da transição é que aceitamos quem realmente somos, então muitos acabam achando que o cabelo é de um jeito e se transforma em outro. O ideal é cuidar do cabelo finalizando da melhor forma e entender a estrutura original.

Lembrando que a transição capilar não é obrigatório, caso querer usar um cabelo liso tudo bem, sinta-se livre pra decidir sobre o seu cabelo e seu corpo, não se importe com o que as pessoas falam e não faça nada pra tentar se enquadrar aos padrões que a sociedade nos impõe. O intuito desta coluna é informar que temos diversas opções.

Veja um vídeo que eu explico como foi a minha transição, assistam e qualquer duvida pode deixar seus comentários:


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.