Por: Anderson Santiago

Em meio ao caos que vivemos nos deparamos algumas vezes com a sensação de que estamos presos á pessoas ou responsabilidades e queremos mesmo que por um segundo nos livrar de todos e de tudo. A ideia de liberdade nos vem à mente como algo agradável e necessário.

- publicidade -  

Sartre afirmou que: ”O homem é condenado a ser livre” pois dentro de sua liberdade sem limites, ele seria responsável pela desordem que a liberdade proporciona, ou seja, a angustia da escolha; pois nem todos os caminhos que escolhemos definem-se como corretos ou bons, alguns deles nos levam a uma angustia ainda maior, quando encontramos neles a escolha sem êxito, seja ela afetiva, profissional ou existencial.

Dentro dessas condições podemos aprender que nem sempre alcançaremos tudo aquilo que queremos ou desejamos, mas podemos simplesmente aceitar e atribuir escolhas que não deram certo como aprendizado, até mesmo para nos conhecer-mos melhor. Viva o que tem de ser vivido sem ressentimentos! O nosso potencial apenas nos mesmos conhecemos. Se esqueça dos restos, afinal, quem precisa de restos ou opiniões que não nos agregam em nada?


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -