A máscara teria sido danificada em agosto de 2014

O caso foi registrado na Delegacia de Cajamar

Ricardo Rodrigues/eCAJAMAR  – redacao@ecajamar.com.br

Policiais do 26º Batalhão da PM (Polícia Militar) prenderam em flagrante, suspeito de gerenciar o tráfico de drogas na região de Cajamar. O homem que não teve sua identidade revelada era procurado da Justiça.

Conforme os policiais que participaram da ocorrência, composta pelo Sargento Faria, Cabo Renteiro e Soldado Evangelista, o suspeito foi localizado no bairro da Cálcaria,   comunidade que faz divisa com Cajamar. Após patrulhamento de rotina a equipe de Força Tática do policiamento de elite da Polícia Militar, avistou dois indivíduos em um veículo estacionado em uma das vias do bairro.

Percebendo atitude suspeita, os policiais resolveram abordar os indivíduos e após uma breve pesquisa de interrogação, um dos homens alegou ser evadido da Justiça e confessou ser o gerente do tráfico na região.

WhatsApp-Image-20160531 (1)
Dinheiro encontrado no interior do veículo abordado pela Força Tática. O dinheiro seria advindo da venda de drogas em “biqueiras” da cidade. Foto: Reprodução/PM

O homem chegou a oferecer vantagem ilícita aos policiais que após buscas minuciosas no interior do veículo
encontraram o valor R$ 15 mil reais em dinheiro, valor este oferecido aos PMs pela liberdade de ambos.

Os policiais ainda encontraram 5 munições de calibre 9mm e constataram que o veículo era produto de roubo na cidade de Jundiaí.

Diante dos fatos os indivíduos receberam voz de prisão pelos crimes de corrupção, porte ilegal de munições, adulteração de sinais de veículo automotor além do delito o qual era procurado pela Justiça.

Os acusados foram encaminhados para a Delegacia Pública de Cajamar onde a autoridade policial lavrou o boletim de ocorrência. O homem procurado pela Justiça foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Franco da Rocha.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.