Fabiano Silveira pede demissão do ministério da Fiscalização, Transparência e Controle

Fabiano Silveira foi gravado criticando a Operação Lava Jato

Da Redação com agências – redacao@ecajamar.com.br

Fabiano Silveira deixou o comando do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle nesta segunda-feira (30).

Um áudio do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado mostra o agora ex-ministro criticando a atuação da Procuradoria Geral da República na operação Lava Jato.

Na gravação, Silveira também aconselha o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a como agir diante das investigações.

O governo confirmou que Silveira ligou para o presidente Michel Temer (PMDB) pedindo demissão.

Romero Jucá

Este é o segundo ministro do governo interino a deixar o cargo. Na semana passada, Romero Jucá (PMDB-RR), ex-ministro do Planejamento, se licenciou do cargo depois da divulgação de gravações de Sérgio Machado. 

Na ocasião, Machado estava procurando líderes do PMDB porque temia que as investigações contra ele fossem enviadas do STF (Supremo Tribunal Federal) para o juiz Sérgio Moro, em Curitiba. Em um dos trechos, o executivo afirma a Romero Jucá que “o Janot está a fim de pegar vocês e acham que sou o caminho; o caixa dois de vocês”.

Na conversa, Romero Jucá sugere a necessidade de uma resposta política para evitar que as investigações chegassem ao juiz Sérgio Moro. “Tem que mudar o governo (de Dilma para Temer) para estancar essa sangria”, declarou.

 


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.