O exame visa prevenir a doença causada por bactéria

Da Redação eCAJAMAR, com prefeitura – redacao@ecajamar.com.br 

A partir desta semana cinco escolas de Cajamar estarão recebendo a visita da Coordenadora da Vigilância em Saúde, Fátima Espinoza e do enfermeiro José Enoque Garcia, para realizar triagem de Tracoma. Segundo a agente de saúde, Crislei Maria, o Tracoma é uma doença inflamatória crônica, altamente contagiosa, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que acomete os olhos e em casos mais graves e prolongados, sem tratamento pode levar à cegueira.

O procedimento consiste em erguer a pálpebra e com o auxílio de lente de aumento e iluminação adequada observar o aspecto e a coloração para pesquisar possíveis sinais. A triagem é realizada uma vez ao ano, porém em pacientes contaminados é feita reavaliação a cada seis meses.

Os principais sintomas são: sensação de corpo estranho nos olhos, coceira, lacrimejamento, irritação, ardor, secreção mucopurulenta, hiperemia (olhos vermelhos), dor, fotofobia (aversão à luz) e edema palpebral (inchaço).

Caso o tracoma seja identificado o paciente é tratado com dose única de antibiótico fornecido pelo Serviço Público de Saúde.

As EMEBs Maria de Lourdes Mattar, Veneranda de Freitas Pinto, São Benedito, Maria Elce Martins Bertelle e Odir Garcia Araújo, participam da triagem de Tracoma entre os dias 10 e 20 de maio, nos períodos da manhã e tarde.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.