Bruna foi ao banheiro e, pouco tempo depois, foi encontrada caída com ferimento na cabeça

Do Portal eCAJAMAR, com reporragem de Vanessa Dainesi e Maranhão/WD – redacao@ecajamar.com.br

A Polícia Civil de Cotia investiga as circunstâncias da morte da jovem Bruna Paim, de 22 anos, em Cotia. Ela morreu no domingo, 10, após dar entrada no Hospital de Cotia, na madrugada de sexta-feira, 8, com traumatismo craniano, em acidente ocorrido durante a Festa do Peão da cidade. A polícia aguarda laudo necroscópico e perícia, que vão apontar qual a causa da morte e o que pode ter provocado o ferimento na cabeça da jovem. Segundo a polícia, na noite de quinta-feira, 7, ela foi com uma amiga ao show da dupla Jorge & Mateus na Festa de Peão de Cotia. Ao término do evento, as amigas seguiram para o carro, estacionado próximo ao local, mas Bruna decidiu ir ao banheiro e se afastou, enquanto a outra jovem manobrava o veículo. Pouco tempo depois, um amigo das jovens encontrou Bruna caída e com um ferimento grave na região da cabeça.

Segundo o delegado Ednelson de Jesus Martins, titular da Delegacia Central de Cotia, a vítima pode ter caído, já que no local existe um barranco, que não é muito alto, mas que pode ter provocado as lesões. “Ela só tem uma lesão, que é compatível com uma queda, mas estamos aguardando o laudo que vai detalhar as lesões da jovem. Além disso, estamos buscando câmeras e ouvindo testemunhas. Ela não sofreu violência sexual e nem teve objetos roubados”, explicou o delegado, que comanda as investigações.

Ainda de acordo com a polícia, Bruna foi levada inconsciente ao hospital, onde ficou internada até domingo, quando teve morte cerebral. A jovem era estudante de fisioterapia e morava em Itapevi. Este não foi o primeiro caso policial envolvendo a Festa de Peão de Cotia. Na sexta-feira, 8, fãs do cantor Wesley Safadão sofreram com a violência promovida por uma gangue composta por 7 pessoas – quatro homens e três mulheres. As vítimas tiveram objetos como celulares e carteiras roubados. Segundo relatos, o bando era bastante agressivo. A quadrilha ainda não foi identificada.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.