- publicidade -  

Chefe da Mercedes acredita que os que atrai fãs para corridas de automóvel é o comportamento humano perante a máquina.

Os responsáveis pela Fórmula E anunciaram no mês passado a criação de um campeonato de carros sem pilotos para demonstração de novas tecnologias.
A proposta caiu no ceticismo de figuras importantes dentro do automobilismo mundial, como o chefe da Mercedes, Toto Wolff.
“A condução autônoma vai finalmente acontecer nas estradas, com carros de estrada e tornará nossa vida mais fácil”, disse Wolff.
“Estamos todos aqui porque gostamos de ver pilotos desafiando máquinas e outros competidores e isso é fascinante de se ver.”
“Isso não é o que considero como esporte.”
Quando perguntado se a Mercedes tem interesse na tecnologia, Wolff disse: “nas estradas sim, nas pistas de corrida, não.”

- Publicidade -  

Interesse humano

O CEO da Fórmula E, Alejandro Agag, admitiu que os fãs podem não ficar animados com a nova competição.

“Acho que as pessoas sempre vão se interessar em ver seres humanos competindo um com o outro, desde a época dos romanos ou antes vemos isso acontecendo. E veremos como isso será no futuro.”

“Mas esse é um tipo diferente de desafio. É um convite às empresas que queiram participar deste desafio e colocar sua tecnologia em uma plataforma que vai mostrar como carros sem pilotos podem correr em condições extremas.

fonte: http://br.motorsport.com/formula-e/news/wolff-nao-aprova-nova-categoria-de-carros-sem-pilotos-664883/


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -  
COMPARTILHAR